::MENU SALAS::

DIGA SIM A JESUS - BRASIL DIGA SIM A JESUS - BRASIL DIGA SIM A JESUS - BRASIL DIGA SIM A JESUS - BRASIL DIGA SIM A JESUS - BRASIL DIGA SIM A JESUS - BRASIL DIGA A SIM A JESUS - BRASIL DIGA SIM A JESUS - BRASIL DIGA SIM A JESUS - BRASIL DIGA SIM A JESUS - BRASIL DIGA SIM A JESUS

80.000 VISITAS - OBRIGADA BLOGUEIROS(AS) AMIGOS(AS) - 80.000 VISITAS - OBRIGADA JESUS - OBRIGADA BLOGUEIROS(AS)AMIGOS(AS) - 80.000 VISITAS OBRIGADA JESUS - OBRIGADA BLOGUEIROS(AS)AMIGOS(AS) - 80.000 VISITAS - OBRIGADA JESUS - OBRIGADA BLOGUEIROS(AS) AMIGOS(AS)

::Perfil::


Sou Edimar Suely da cidade do Rio de Janeiro, Brasil.
Sou viúva, tenho 55 anos, um filho maravilhoso de 28 anos, chamado Alex e estou de bem com a vida. Sou recém-convertida, passei pelas águas há pouco mais de três anos e congrego pela denominação Congregacional.
Gosto: De Jesus, da Palavra, da oração, da minha família, de escrever (estou no momento, escrevendo mais dois livros - O que elas tinham que eu não tenho e Quero trabalhar, mas não tenho espaço),de postar mensagens em meu blog e visitar meus amigos virtuais, a maioria, mais chegados que irmãos.
Não Gosto: De "irmãos" que nada fazem e impedem que façamos; de "irmãos" maledicentes, que nos levam pra baixo com seus péssimos testemunhos; de "irmãos" que não levam Deus a sério; de idolatria; de "irmãos" que desconhecem o SIM e Não e de "irmãos" que tem o péssimo hábito de não devolver o que lhes é emprestado.

edi.suely@hotmail.com
edimarsuely@gmail.com
edi.suely@yahoo.com.br
edi.suely2@yahoo.com.br

::MASCOTES ADOTADOS PELO BLOG::




::FACA SEUS CONGRESSOS E VIAGENS COMIGO::

::MURAL 1::

 

::MURAL 2::

 

 

::MURAL 3::

      

::MURAL 4::


::QUE HORAS SÃO?::

Grande é o Senhor mp.Stop

 


Histórico:

- 05/09/2010 a 11/09/2010
- 15/08/2010 a 21/08/2010
- 01/08/2010 a 07/08/2010
- 04/07/2010 a 10/07/2010
- 27/06/2010 a 03/07/2010
- 20/06/2010 a 26/06/2010
- 13/06/2010 a 19/06/2010
- 30/05/2010 a 05/06/2010
- 23/05/2010 a 29/05/2010
- 09/05/2010 a 15/05/2010
- 02/05/2010 a 08/05/2010
- 18/04/2010 a 24/04/2010
- 11/04/2010 a 17/04/2010
- 04/04/2010 a 10/04/2010
- 28/03/2010 a 03/04/2010
- 21/03/2010 a 27/03/2010
- 14/03/2010 a 20/03/2010
- 07/03/2010 a 13/03/2010
- 28/02/2010 a 06/03/2010
- 21/02/2010 a 27/02/2010
- 07/02/2010 a 13/02/2010
- 31/01/2010 a 06/02/2010
- 24/01/2010 a 30/01/2010
- 10/01/2010 a 16/01/2010
- 27/12/2009 a 02/01/2010
- 06/12/2009 a 12/12/2009
- 29/11/2009 a 05/12/2009
- 15/11/2009 a 21/11/2009
- 04/10/2009 a 10/10/2009
- 27/09/2009 a 03/10/2009
- 13/09/2009 a 19/09/2009
- 06/09/2009 a 12/09/2009
- 30/08/2009 a 05/09/2009
- 23/08/2009 a 29/08/2009
- 16/08/2009 a 22/08/2009
- 02/08/2009 a 08/08/2009
- 26/07/2009 a 01/08/2009



Outros sites:

- UOL - O melhor conteúdo
- BOL - E-mail grátis


Votação:

- Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog


Contador:





Top Sites


Top30 Brasil - Vote neste site!
Concurso de sites Top30.






Créditos:
Lay: Sandra
Html: Cristiny On line

AINDA NÃO ACEITOU JESUS?

NENHUMA DESCULPA É ACEITÁVEL...
Quando procurar desculpas para Deus não usá-lo, lembre-se das seguintes pessoas:
1. NOÉ era bastante chegado à bebidas fortes;
2. ABRAÃO era muito velho;
3. ISAAC era um partidarista e até injusto;
4. JACÓ era mentiroso e inseguro;
5. LIA era feia, tinha defeito nos olhos;
6. JOSÉ foi escravo e assediado;
7. MOISÉS foi um assassino (como Davi e Paulo);
8. ESTER era órfã e prisioneira de guerra;
9. GIDEÃO era pobre e medroso;
10.SANSÃO era co-dependente e tinha cabelos muito grandes;
11.RAABE era prostituta;
12.DAVI era adúltero;
13.JEREMIAS e TIMÓTEO eram muito jovens;
14.ELIAS era depressivo - suicida;
15.ISAÍAS pregou nu;
16.JONAS fugiu de Deus;
17.NOEMI era viúva;
18.JÓ perdeu tudo;
19.JOÃO BATISTA comia gafanhotos;
20.JOÃO era muito introspectivo;
21.Os DISCÍPULOS dormiam, enquanto Jesus orava;
22.MARTA se preocupava demais com tudo;
23.FELIPE via dificuldades em tudo;
24.MARIA MADALENA era endemoniada;
25.O GAROTO com pães e peixes era um "notável" desconhecido;
26.A MULHER SAMARITANA teve muitos homens;
27.ZAQUEU era muito baixo;
28.PEDRO era impulsivo, temperamental e negou a Jesus 3 vezes;
29.MARCOS tinha desistido de tudo;
30.TIMÓTEO tinha úlcera no estômago;
31.TOMÉ tinha muitas dúvidas;
32.E LÁZARO - já havia morrido!!!

E agora, qual é a sua desculpa?
(desconheço a autoria)

 

 



 

  (POSTAGEM TRIPLA) 

A salvação não pode ser esquecida!

A espiritualidade está tão em perigo como na época do antigo Israel, pois nos esquecemos de muitas coisas em nosso relacionamento com Deus, o tempo e a tecnologia são diferentes, mas o perigo é o mesmo, assim como Israel se esquecera do seu relacionamento com o seu Deus podemos esquecer-nos da nossa missão pra com a causa de Cristo, a graça veio de graça, mas o preço de pregar o evangelho transformador pode estar em sérios riscos, gostaria de lembrar com uma pequena frase: A salvação não pode ser esquecida! Temos visto tudo que se fala por ai, e dentre elas a falta de uma palavra restauradora da salvação!Tem se pregado muito em ter, para ser, porem as pessoas não se apercebem que somos para depois termos as coisas, é a cultura da coisificação (palavra inventada eu acho!). Enchemos-nos de coisas e esquecemos valores eternos, a salvação em Cristo é uma palavra de reestruturação, de solidificação pessoal e dignidade da restauração do homem a sua antiga condição de comunhão com o Criador de todas as coisas afronta o pecado, mas salva o pecador. Não somos coisas nem objetos de mercado, quando Deus nos criou foi para ter um relacionamento de qualidade com ele,profundo ao ponto de expormos as nossas frustrações, desejos, e anseios e por na mão Daquele que governa tudo inclusive nossas vidas, Cristo veio para restaurar a comunhão perdida, e valorizar o que foi banalizado, viveu entre os pobres e comeu na mesa dos fariseus, recebeu afagos dos mais desprezados, e propôs um estilo em que a melhor coisa possível é ter Deus como pai, intimidade com respeito e reverencia, mas assim como Israel se encheu de objetos, ritos, poder, fama e se esqueceu de Deus que TUDO providencia assim estamos talvez na mesma situação. Fala-se de poder, de ter, de receber, mas quase nunca de obedecer e propagar as boas novas, a verdadeira boa noticia que Deus nos ama apesar de rebeldes, pecadores, podemos ser ricos, mas Deus nos ama independente das riquezas pode ser pobre, mas o amor de Cristo nos torna ricos da graça e do amor de Deus, este evangelho deve ser anunciado a todos, pois é de graça, nada deseja anão ser o coração do pecador, para salvar e restaurar, santificar. Por tanto finalizo com a seguinte afirmação do pai da igreja: “È muito melhor guardar almas para o Senhor,do que ouro. Por quem enviou os apóstolos sem ouro reuniu também as igrejas. A igreja não tem ouro para armazená-lo, mas para entregá-lo,para gastá-lo em favor dos que tem necessidades....melhor é conservar os vasos vivos que os de ouro.”

Conversões, perversões e reconversões


O que é conversão? Segundo os estudiosos em teologia sistemática, especialmente os que se dedicam ao estudo da soteriologia (a parte da teologia que estuda a questão da salvação), a conversão é um evento único na vida de uma pessoa, distinguindo-se da santificação, que é um processo que leva toda a vida. A conversão é um impacto que faz o sujeito mudar sua rota por meio do arrependimento e da fé. Bom, foi isso que estudei lendo Berkhof (para a tristeza dos liberais), apesar de não ter concordado com tudo o que esse teólogo escreveu (para a tristeza dos fundamentalistas).

Conversão, portanto, é um processo individual, nunca coletivo. Mas, através dela, o cristão é chamado a viver uma vida coletiva (a igreja), abandonando seu individualismo. Cada conversão é única, assim como é única a história de vida de cada um.

Alguns, porém, se cansam do caminho da conversão e se pervertem; ou seja, partem para o arrependimento (do arrependimento anterior) e para a incredulidade. Alguns retornam (o que teólogos chamam de reconversão), outros não, apostatando publicamente da fé um dia professada. (Richard Dawkins é, talvez, o apóstata mais conhecido da atualidade.)

Mas, o que dizer das instituições eclesiásticas, que muitos chamam de “igrejas”, contudo eu prefiro chamá-las de instituições ou denominações ou ainda, segundo Howard Snyder em “Vinho novo, odres novos”, entidades paraeclesiásticas? Será que, por carregarem pessoas cristãs são, automaticamente, cristãs?

Penso que as instituições estão em séria crise de identidade. Apesar de nominalmente carregarem o nome do Crucificado, na prática muitas se esmeram em posicionamentos que mais se aproximam da turma de Anás e Caifás. Temos paulatinamente nos distanciado da simplicidade e objetividade do Senhor, que ensinava copiarmos os modelos das crianças e das donas de casa que acham moedas perdidas (e que tinha menos problemas com a pecaminosidade explícita de uma mulher moralmente torta que com a pecaminosidade recolhida dos religiosamente retos). Em vez disso, temos tentado emular o “grande templo” com seus paramentos, seus pensamentos únicos e suas muitas e inúmeras regras. Tivemos a Inquisição no ramo católico do cristianismo, assim como a Bíblia nos mostra a Inquisição judaica contra Jesus e os primeiros cristãos. Infelizmente temos pequenas inquisições veladas no seio protestante.

Aliás, não sei por que temos ainda esse nome. O protestantismo, de fato, nunca foi implantado aqui em toda a sua plenitude. O que veio foi uma diluição estadunidense do já diluído protestantismo que lhes foi ensinado da Europa, juntamente com usos e costumes que perduram até hoje. Muitos não usam batina, mas o terno e a gravata cumprem a mesma função. Mas contra o quê mesmo protestamos? Contra a corrupção na política, especialmente lembrando dos panetones de Brasília? E a corrupção de nossa política interna, sem panetones, mas com muitos manjares do rei? Será que temos protestado contra procedimentos escusos de gente de fora que se diz pertencer ao rebanho de Deus, quando muitos dos nossos têm apresentado os mesmos procedimentos? Por que será que o que o outro faz é condenável, enquanto que o que um dos nossos faz é palatável?

Entendo que o pecado é uma mácula individual. Porém também entendo que existe o pecado estrutural; ou seja, as estruturas, por serem feitas por gente pecadora, também padecem desse mal que desumaniza a criação de Deus. Entre outras consequências, o pecado estrutural estimula pastores a abandonarem suas vocações, transformando-se em meros gerentes, pois assim o mercado demanda. O pecado estrutural também metamorfoseia o crente, fazendo-o um cliente exigente e chorão.

Enfim, é hora de conversão, ou reconversão. Não espero que as instituições se convertam. Mas espero que as pessoas de dentro dessas estruturas, incluindo aí eu e você, persigam o modelo de Jesus, tão desgastado em nosso tempo mercantilista, vil e apóstata.

UM EMPREGADO ACIMA DE QUALQUER SUSPEITA

Havia um tempo quando os patrões procuravam empregados crentes. Eles sabiam que aqueles representantes do reino de Deus aqui na terra eram pessoas confiáveis, não faltavam ao serviço sem razão séria e, enquanto trabalhavam, lembravam-se da orientação bíblica que dizia: “tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças.”
No entanto, o tempo foi passando, a sociedade se deteriorando e os meios de divulgação fazendo com que as notícias corressem depressa. Assim, as poucos os empregados crentes não foram considerados idôneos e até mesmo patrões crentes preferiam mão de obra não crente em Jesus. É triste, mas é assim que as coisas estão.
Isso acontece, no entanto, porque estamos deixando de lado uma responsabilidade muito grande, que é a do testemunho. Uma pessoa que foi salva por Jesus Cristo deve cultivar valores morais sérios e fazer diferença no mundo, seja onde estiver trabalhando: em casa de família, em escritório, em fábricas, em hospitais, grandes empresas, não importa onde e sim como a pessoa ali testemunha a respeito de Jesus.
Lembro-me de um faxineiro que varria os degraus do prédio onde eu trabalhava. Ele limpava com muito cuidado até os cantinhos, e o fazia cantando baixinho hinos. Aquele senhor era estimado por todos s funcionários e sem que dissesse uma palavra, ele era considerado diferente dos demais faxineiros.
O apóstolo Paulo abordou este tema na epístola que escreveu a Tito, capítulo 2, a partir do versículo 8, onde lemos: “ quanto aos servos, que sejam, em tudo, obedientes aos seus próprios senhores, dando-lhes motivo de satisfação; não sejam respondões, não furtem; pelo contrário, dêem prova de toda a fidelidade, afim de ornarem, em todas as coisas, as doutrinas de Deus, nosso Salvador.”
Deixemos que o Espírito Santo toque em nossos corações, dando-nos condições espirituais de sermos empregados dignos do nome de cristãos.
VOCÊ PODE ATÉ VIVER SEM JESUS, MAS MORRER SEM ELE SERÁ TERRÍVEL!
A PAZ DO SENHOR A TODOS(AS)!



- Postado por: edisuely às 11h26
[
] [ envie esta mensagem ]

 

PRESENTES RECEBIDOS NA SEMANA





















width=190 align=baseline




Recanto das fadas





























width=380 align=baseline border=0>
width=561 align=baseline border=0>

 

">